domingo, 6 de dezembro de 2009

Os bantos



Este povo habitava o noroeste do continente, onde atualmente são os países Nigéria, Mali, Mauritânia e Camarões. Ao contrário dos bérberes, os bantos eram agricultores. Viviam também da caça e da pesca.

Conheciam a metalurgia, fato que deu grande vantagem a este povo na conquista de povos vizinhos. Chegaram a formar um grande reino ( reino do Congo ) que dominava grande parte do noroeste do continente.

Viviam em aldeias que era comandada por um chefe. O rei banto, também conhecido como manicongo, cobrava impostos em forma de mercadorias e alimentos de todas as tribos que formavam seu reino.

O manicongo gastava parte do que arrecadava com os impostos para manter um exército particular, que garantia sua proteção, e funcionários reais. Os habitantes do reino acreditavam que o maniconco possuía poderes sagrados e que influenciava nas colheitas, guerras e saúde do povo.

5 comentários:

  1. Parabéns pelo seu blog. Muito bom. Estou trabalhando com filosofia Africana no alunos da 2 série do EM e para o conhecimentos do continente africano estou aprofundando sobre os grupos étnicos.

    ResponderExcluir
  2. Não tenho palvras pra descrever a utilidade do serviço que você está prestando a todos os que estudam a cultura negra e a História da África...
    Parabéns e obrigado!!!

    ResponderExcluir
  3. virgem, que barbaridade!!!

    Os bantos, descendencia da maioria dos negros brasileiros e das diasporas todas, nunca foram um "povo". Nunca foram um grupo etnico....

    COm o imperio kongo existiram muitos outros, mas muitos mesmo com reis e rainhas como a rainha nzingha dos reinos do n'dongo e matamba (kimbundu).

    Os zulus...o imperio zimbabwe, o imperio Gaza, os reinos ovimbundus, o reino kwanyama...enfim

    ResponderExcluir
  4. Não existe um povo banto. Banto é um tronco linguístico extenso que abrange mais de 400 dialetos relacionados. Cuidado com a informação.

    ResponderExcluir